Ortodontia

A Ortodontia é a área da Medicina Dentária, especializada no estudo (diagnóstico), prevenção e tratamento dos problemas de crescimento, desenvolvimento e amadurecimento da face, dos arcos dentários e da oclusão, ou seja, disfunções dento-faciais.

Existem três tipos básicos de Ortodontia, no momento da abordagem, é classificado em Ortodontia preventiva, a interceptativa e a corretiva.

A Ortodontia Preventiva, baseia se na prevenção de possíveis problemas que podem ser percebidos em crianças durante o seu crescimento ósseo facial e durante o começo das trocas dos dentes de leite. Sendo comum o uso de aparelhos móveis.

A Ortodontia Interceptativa é focada em “parar” a formação do problema. O ortodontista percebe que a criança ou adolescente está a começar a desenvolver um problema e pode planear uma forma de interceptar para que ele não se agrave por completo. Esses problemas podem ser de posicionamento de dentes e bases ósseas, problemas respiratórios e de posicionamento lingual ou labial inadequado. Nessa caso, recomendamos o uso dos aparelhos móveis sendo possível a instalação de aparelhos fixos na parte anterior do arco.

A Ortodontia Corretiva é a mais comum, é aquela que foca na correcção do problema já instalado. Geralmente é feito a ortodontia correctiva em adultos ou em adolescentes que terminaram a curva de crescimento (16-18 anos). Com a má oclusão instalada o Ortodontista terá muito mais trabalho para reverter o problema. Muitas vezes é necessário usar algumas técnicas mais invasivas como procedimentos cirúrgicos extensos (Ex:cirurgia ortognática) ou até extrações de dentes para criação de um espaço para trabalho.

Nessa ortodontia usamos, na maioria das vezes, aparelhos fixos e ainda alguns aparelhos acessórios. Podemos também fazer uso de alinhadores transparentes em alguns casos mais simples. Esses alinhadores são estéticos e móveis.